Amora Brinquedos Afirmativos

United People Global / Education  / Amora Brinquedos Afirmativos

amoralogo Screenshot_20190128-125147~2.png

Amora

Ateliê desenvolve tecnologia social a serviço da valorização das diferenças de cor da pele para crianças

Com a missão de levar representatividade mundo afora, Amora é um ateliê de brinquedos afirmativos que desenvolve ações que envolvem venda, doação de bonecas e bonecos pretos, ações afirmativas e novos negócios, criado e gerenciado por Geo Nunes, especialista em Design Estratégico.

Por desenvolver brinquedos que auto afirmam a identidade étnica da criança que brinca com eles, o Ateliê ganhou em 2017 o Prêmio Jovens Empreendedores Sociais. No seu segundo ano de atuação, o Ateliê já impactou a vida de vários moradores de Salvador: Costureiras e artesãs capacitadas com a tecnologia social de produção de bonecos; mais de 500 crianças impactadas diretamente através das oficinas e aquisição de bonecos e bonecas pretas, mais de quinhentas pessoas impactadas em palestras e oficinas que discutem representatividade negra infantil, além das quatro edições realizadas dos eventos Eu Brinco, Eu existo!

No início de 2018 foi selecionado para ser pré-acelerado pela Vale do Dendê, uma holding social que fomenta o ecossistema de inovação e criatividade da cidade de Salvador, com foco no desenvolvimento do protagonismo dos jovens afro-brasileiros; e atualmente selecionado pelo Negras Potências, uma campanha de financiamento coletivo através de Matchfunding, sistema onde para cada 1 real recebido mais 2 reais serão automaticamente acrescidos na arrecadação, capitaneada por uma parceria entre a Benfeitoria e o Instituto Baobá – um fundo de R$ 500 mil para turbinar campanhas de financiamento coletivo sobre empoderamento de meninas e mulheres negras.

E a idealizadora do negócio social não se aquieta diante da realidade onde apenas 3% das bonecas disponíveis no mercado são pretas/pretos. Na contracorrente da indústria, Geo vem navegando com o Amora, explorando novos mares tendo como elemento propulsor o seu propósito de criar brinquedos representativos para o máximo de crianças possíveis, desde que buscou bonecas pretas para presentear crianças de um projeto social que integrava, e não encontrou nas prateleiras das lojas.

Hoje, a cada peça vendida, uma é doada. E as bonecas doadas ainda ganharam um charme especial: todas as roupas são feitas com tecidos doados pelos blocos afro de Salvador, uma das muitas parcerias felizes do ateliê. Amora conta ainda com a Mentoria de Ivanna Soutto, Comunicação de Isa Lorena e Gestão de Mídias da Goya Comunicação & Eventos.

Mais Amoras

O ateliê ainda promove uma série de ações em escolas e feiras, a exemplo da 4ª edição do Eu brinco, Eu existo! que aconteceu no mês de junho no CMEI DR. Djalma RAMOS, situado em Vida Nova, Lauro de Freitas. Uma festança com contações de histórias afro e distribuição gratuita dos brinquedos afirmativos gerados pelas vendas do Ateliê. Os brinquedos distribuídos para a Escola impactaram 140 crianças e estão sendo utilizados pelas professoras como material lúdico pedagógico para auxiliar na educação para a diversidade.

Entre as ações realizadas pela Amora, estão a oficina de bonecas Abayomi, onde crianças e adultos são ensinados a produzir artesanalmente uma boneca africana Abayomi, ao mesmo tempo levando para eles o conhecimento sobre cultura e história africana; a oficina infantil O Lápis que Muda do Cor, na qual são trabalhadas questões como a beleza da diversidade e o respeito às diferenças através de atividades com material gráfico que visa descontruir o estereótipo de que existe apenas uma cor aceitável para o lápis cor da pele; e as contações de histórias afro, onde as instituições educacionais recebem pedagogos e arte-educadores para trabalhar com as crianças literatura representativa.

“Os impactos sociais são extensos e contribuem sensivelmente para o aumento da autoestima e (re)construção de identidade de crianças negras, que ao se verem representadas nos brinquedos, criam um mundo no qual elas passam da ótica de mero expectador ao de protagonistas”, afirma Geo Nunes, que tem sua missão respaldada por depoimentos como o de Joelma Lopes Sousa, mãe de Julia Souza, uma das dezenas de crianças já impactadas por ações do Amora: “Isso é fundamental para o empoderamento dessas crianças frente aos obstáculos que virão enfrentar, sobretudo o racismo, porque representatividade importa muito”.

Confira ações da Amora nas redes sociais

Instagram: https://www.instagram.com/amorabonecas/

Facebook: https://www.facebook.com/amorabonecas/

Site: www.amorabonecas.com.br

Fotos e vídeos de todas as edições realizadas do Eu Brinco, Eu existo:
http://www.amorabonecas.com.br/eu-brinco-eu-existo-pg-64292

No Comments

Post a Comment